Para perder peso

Dietas de baixo carboidrato : dietas de baixo carboidrato dependem de uma baixa ingestão de carboidratos , mas altos níveis de proteína e gorduras saudáveis. A sensação de fome é reduzida pela lenta queima de energia, mas muitas pessoas sofrem de sintomas de deficiência de carboidratos. Desejos de comida e fraqueza física podem ser o resultado. Mesmo no contexto social, as dietas nas quais os carboidratos são permitidos apenas de forma muito limitada dificilmente podem ser implementadas.

Coma metade. As refeições e assim as calorias são reduzidas pela metade.

Programas semanais: Especialmente na área online, pouco ou nenhum programa semanal personalizado é vendido por muito dinheiro. Os fabricantes prometem uma tremenda perda de peso resultante de um plano nutricional estrito , geralmente combinado com um programa de esportesresultados. Contanto que os requisitos sejam atendidos, grande sucesso pode ser alcançado. No entanto, muitas pessoas não conseguem manter seu peso após o programa. A razão é que, seguindo teimosamente os padrões, pouco é tratado com o tópico da nutrição e praticamente não há efeito de aprendizado. Para muitas pessoas, esse programa pode ser um grande incentivo para lidar com o estilo de vida saudável. No entanto, eles não dão uma garantia vitalícia para um corpo magro.

Comer Intuitivamente: Na verdade, nosso corpo sabe melhor o que precisa. Comer intuitivo é seguir as necessidades do corpo . Infelizmente esquecemos ao longo das décadas prestar atenção aos sinais que ele nos dá. A sede é confundida com fome, deficiências nutricionais são expressas através de desejos. Somos também manipulados através de publicidade e marketing. Se você quer perder peso através da alimentação intuitiva, você definitivamente deve receber algum feedback, como a contagem de calorias paralelas. Na maioria das vezes, subestimamos o conteúdo energético dos alimentos.

Um passo importante para mudar sua dieta pode ser tornar-se consciente de seus próprios hábitos alimentares . Isso deve ser feito por alguns dias, um diário de jantar e anote tudo o que você come. Aqui você freqüentemente descobrirá pequenos parafusos que podem ser ligados. Por exemplo, há muitos lanches ao lado? O Durst o ajuda com sucos ou refrigerantes em vez de água? Você come em frente à TV à noite, sem desfrutar conscientemente da comida? Mesmo pequenas mudanças nos hábitos alimentares diários podem levar a uma perda de peso a longo prazo.

Em última análise, o que importa é o quão alto é o conteúdo de energia que você come através de sua comida. Quem quer perder peso de forma saudável e a longo prazo, dificilmente perde uma mudança de dieta. No entanto, você não precisa mudar todo o seu estilo de vida, pois, desde que você permaneça abaixo do seu consumo diário, você poderá aumentar seu orçamento de calorias com o que quiser. No entanto, rapidamente se tornará evidente que alguns alimentos, como vegetais ou proteínas saudáveis, são mais propensos a saturar do que a mesma quantidade de carboidratos ou gorduras.